• Henderson Moret

Uma antipropaganda :)

Você não precisa de um fotógrafo para registrar seus momentos. Sabe aquela foto antiga que você tem com a sua avó querida, aquela que te traz uma nostalgia ou paz?  Muito provavelmente não foi um profissional que a tirou.



Esta aqui, por exemplo, foi meu pai quem tirou e me dá muita saudade do tempo em que eu brincava com a minha irmã :)

E está super mal tirada (rsrs).


Para que o fotógrafo então se cada celular tem a capacidade de registrar momentos? Esta pergunta poderia se aplicar também a esta: para quê poetas se temos papel e caneta?; ou para quê músicos se temos os instrumentos nas mãos.


Escolher a fotografia como expressão deveria passar por algo antes do que o “viver de fotografia”. A fotografia não pertence aos fotógrafos profissionais, pertence a quem se apaixona por esta arte que está em mutação constante.


Pense em algo que você gosta muito, uma banda, um vinho, uma poesia, um filme, um cheiro, uma comida, uma viagem. O fotógrafo entra nessa categoria, você não precisa dele, como também não precisa daquela comida especial para viver, ou sentir aquele cheiro gostoso para ter um dia feliz. Mas uma das minhas felicidades mais simples é comer algo que gosto ou cheirar algo que me remete a uma boa memória.


Acho que o mesmo pode se dizer quando seus momentos podem registrados por alguém que tem um olhar que busca a emoção, alguém que domina a linguagem fotográfica, alguém que tem prazer em tratar esses momentos com todo o carinho na edição; alguém com um bom equipamento, alguém que faz a curadoria de suas fotos sabendo que uma foto bem cuidada e escolhida merece ser impressa e vale mais do que 20 fotos, quase iguais, numa pasta virtual perdida em algum disco rígido.


Você é duas pessoas ainda separadas por um oceano de tempo, com uma linda história a ser contada. Seja curador de suas memórias, imprima, se possível, as melhores fotos de cada viagem, de cada fase… e, de vez em quando, se permita ficar do lado de lá da lente de alguém que é apaixonado pela fotografia.


Eu amo esta frase:

“Você é duas pessoas ainda separadas por um oceano de tempo, parte de você morrendo de vontade de falar sobre o que viu, parte de você ansiando lhe dizer o que tudo significou.” John Koenig

E eu acho que a fotografia pode facilitar esta conversa ;)

Henderson Moret


O Tomaz, mesmo com essa cara de “ai, minha irmã me ama demais!!” rsrs vai ter boas recordações deste momento lindo que eles passaram comemorando o aniversário de um ano dela aqui na cidade :)